22 de fevereiro de 2024

Em 8 de Março, haverá ato e caminhada por direitos das mulheres e contra a violência

 

O Dia Internacional da Mulher, em 8 de Março, será marcado pela realização de ato público e caminhada pelos sindicatos, centrais sindicais e movimentos sociais em Maceió. No protesto, os participantes levantarão as bandeiras de luta contra a violência, contra o machismo, por políticas públicas, em defesa dos direitos, em defesa dos serviços públicos e contra as privatizações .

A concentração será na Praça Deodoro, em frente ao Tribunal de Justiça, a partir das 9 horas, em seguida ocorrerá a caminhada até o Palácio do Governo para a entrega de uma carta de reivindicações por políticas públicas e contra a violência às mulheres.

A CSP-Conlutas denuncia que o orçamento de todos os setores sofreu corte de 90% no governo Bolsonaro. A redução foi mantida pelo governo Lula, inclusive, o orçamento de políticas para mulheres obteve a menor participação no orçamento em 2023.

Em Alagoas, os dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública mostram que a violência contra a mulher aumentou. Uma menina ou mulher é estuprada a cada 10 minutos no Brasil. E a cada hora, 26 mulheres sofrem agressão física. Dentre esses indicadores, estão o aumento de feminicídios, da violência doméstica, de ameaças, registros de assédio sexual e importunação sexual.

A coordenação do Sindjus-AL convida as servidoras e servidores para participarem do ato público com caminhada no Dia Internacional das Mulheres.

22 de fevereiro de 2024

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *