7 de agosto de 2019

Deputados aprovam reforma da Previdência ao custo de R$ 3 bilhões em emendas

A votação em 2º turno da reforma da Previdência, PEC 06/2019, aconteceu na madrugada desta quarta-feira (07) com 370 votos favoráveis ao fim das aposentadorias dos trabalhadores, contra 124 deputados. Houve uma abstenção.

O governo Jair Bolsonaro lançou usou a “velha política” – contrariando seu discurso de campanha – e pediu crédito extra de R$ 3 bilhões para o pagamento das emendas dos parlamentares. O pedido foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União da terça (6), horas. Para aprovar a reforma da Previdência na Câmara, Bolsonaro liberou R$ 2 bilhões em emendas aos parlamentares no primeiro turno e mais R$ 3 bilhões no segundo turno.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), – que assumiu a articulação da reforma na Casa – pautou os destaques. Depois dessa análise, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) segue para o Senado.

De Alagoas, votaram pela PEC os deputados Arthur Lira (PP), Marx Beltrão (MDB), Sérgio Toledo (PL), Nivaldo Albuquerque (PTB), Isnaldo Bulhões Jr. (MDB) e Severino Pessôa (PRB). Já Paulão (PT), JHC (PSB) e Tereza Nelma (PSDB) foram contrários à reforma.

Mobilização

Em todo o país, servidores estão mobilizados desde a segunda-feira (5) contra a destruição da Previdência Social. A Fenajufe participou dos trabalhos programados no aeroporto e visitas aos parlamentares.

Nesta quarta (7), os coordenadores da Fenajufe continuam o diálogo com os deputados e senadores para evitar maiores danos em relação às mudanças prejudiciais aos servidores. Os dirigentes estão fazendo um apelo aos parlamentares para que não aprovem, por exemplo, as emendas que tem o objetivo de estabelecer a contribuição extraordinária; pela supressão da emenda que prevê a regra de transição para aposentadoria dos servidores públicos e manutenção das regras atuais.

No dia 13 de agosto, haverá o Dia Nacional de Mobilização em Defesa da Educação, do Emprego e pela Aposentadoria no dia 13 de agosto. Em Maceió, a concentração terá início às 8 horas, em frente ao Cepa, no Farol.

Com informações da Fenajufe

7 de agosto de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *